A vereadora Daniela Hall também quer proibir o aumento no valor de aluguéis, cuja os imóveis não tenham passado por melhorias

Preocupada com a difícil situação enfrentada pelos comerciantes e empreendedores da cidade, a vereadora Daniela Hall (PSD) propôs à Câmara de Vereadores de Dourados, no Mato Grosso do Sul, a criação de um auxílio-aluguel para microempresas e incentive, por meio de descontos fiscais, as imobiliárias reduzirem os custos de imóveis da área central.

Pré-candidata do PSD a prefeita nas eleições deste ano, Daniela Hall defende a ideia de que a Prefeitura de Dourados – município de 220 mil habitantes na região centro-sul de Mato Grosso do Sul – custeie 50% do valor mensal do aluguel por um período de três meses.

Além disso, a vereadora também quer proibir o aumento no valor de aluguéis, cuja os imóveis não tenham passado por melhorias, durante esse período do auxílio para que o benefício possa de fato ter efeito.

Segundo a vereadora, a medida é uma forma de aliviar a pressão sobre empresários é reduzir os custos enquanto os empreendimentos não funcionam com sua total capacidade. “Com a crise em razão do novo coronavírus, o movimento do comércio despencou. Com queda de venda, muitos funcionários foram demitidos e empresários não estão conseguindo honrar com as contas”, justifica a parlamentar.