Público-alvo da iniciativa são mulheres em situação de vulnerabilidade social

 

Redação: Scriptum com Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Itupeva

Em Itupeva — município de 64 mil habitantes do interior do Estado de São Paulo — a gestão do prefeito Marcão Marchi (PSD) iniciou nesta terça-feira (26) o programa 1.000 Mulheres, no Fundo Social de Solidariedade. Realizado em parceria com o Sebrae, o projeto oferece capacitação gratuita para as participantes e aborda temas como gestão, empreendedorismo, empoderamento feminino e negócios de impacto social.

O público-alvo da iniciativa são mulheres em situação de vulnerabilidade social, empreendedoras, idosas, imigrantes, indígenas, negras, mulheres com deficiência, refugiadas, transgêneros e vítimas de violência. Os encontros têm duração de quatro horas por dia e seguem até esta quinta-feira (28).

A secretária de Desenvolvimento Social, Aline Alves, esteve presente na abertura da capacitação. “É sempre muito importante trazermos cursos e capacitações voltados para as mulheres e é gratificante vermos que temos uma boa adesão. Quero agradecer também ao Sebrae pela parceria.”

A professora do Sebrae, Renata Quintas, também destacou a importância da iniciativa. “Nós vamos conversar bastante sobre a trajetória e os sonhos das mulheres que estão participando. É um curso de autoconhecimento, autoanálise, autodesenvolvimento e sempre com foco no empreendedorismo, que é um caminho que elas podem seguir com a possibilidade de obter sucesso”, disse a Renata.