As representantes falaram, em especial, sobre iniciativas que estimulam a autonomia e o desenvolvimento econômico delas.

Redação Scriptum com assessoria de comunicação

As ações da atual gestão do Governo do Paraná voltadas para a valorização das mulheres foram um dos temas tratados nesta semana em evento de apoio ao candidato do PSD à reeleição como governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior. Centenas de mulheres participaram do ato realizado na quarta-feira (21), em Curitiba, organizado pela coligação “A mudança não para. Pra frente Paraná”, formada pelos 11 partidos que dão respaldo oficial a continuidade da sua gestão por mais quatro anos.

O encontro teve como tema a valorização do papel das mulheres na política e o estímulo à participação mais ativas delas por meio da articulação ou como candidatas a cargos eletivos. As representantes falaram, em especial, sobre iniciativas que estimulam a autonomia e o desenvolvimento econômico delas.

Em sua fala, a primeira-dama Luciano Saito Massa, que também comanda a Superintendência de Ação Solidária do Paraná, frisou que a criação da Secretaria de Estado da Mulher, um compromisso estabelecido por Ratinho Junior, partiu de uma demanda encampada por outra mulher.

“Foi graças a uma mulher, que teve a coragem e a competência de demonstrar a importância dessa medida, que o nosso governador já se comprometeu com a criação da uma pasta específica para tratar das demandas femininas”, contou a primeira-dama, referindo-se a secretária municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Maringá, Terezinha Pereira, que também participou do evento.

Para o vice-governador Darci Piana (PSD), que esteve presente no evento, as medidas tomadas em prol das mulheres, assim como outras políticas públicas voltadas a públicos como idosos, crianças e mais carentes, foram possíveis a partir de processo de gestão baseado no planejamento estratégico.

“O governador construiu um ambiente de paz política, com amplo apoio dos deputados estaduais, e fez um planejamento estratégico para pensar os projetos e obter os recursos necessários para tirar as grandes obras do papel. Com isso, atraímos a iniciativa privada, o que resultou em mais de R$ 120 bilhões de investimentos e em 360 mil empregos gerados, beneficiando toda a população paranaense”, explicou Piana.